Desafios, Reflexões, Trends

Nós e a Crise – III

Aqui há cerca de 3 semanas estive a dar um seminário sobre Liderança de Equipas a cerca de 180 quadros e empresários do sector da pecuária.

Foi no âmbito da parceria entre a Universidade Católica e a Intervet, sendo uma iniciativa de inscrição aberta aos profissionais da área.

A primeira surpresa que tive foi a adesão à iniciativa: em plena crise, 180 profissionais da pecuária em Portugal prescindiram do seu tempo num fim de semana para aprenderem sobre Liderança de Equipas!

O que significa isto?

  • Que este sector de actividade tem profissionais que já perceberam que o seu negócio passa pelas pessoas (apesar de ser aparentemente um negócio de animais 😉 !!!) – e esta clarividência é de saudar!
  • Que neste sector há a consciência clara que a crise não é desculpa para abandonar o investimento na formação e aprendizagem! Antes pelo contrário: é pretexto para reforçar esse investimento, uma vez que a competitividade sustentável passa pela capacidade de gerar inovação (permanente) e relação com os stakeholders (e isso depende de pessoas qualificadas e motivadas);

A segunda grande surpresa que tive foi com o nível de qualidade dos profissionais que encontrei:

  • ao contrário da ideia feita que poderá ainda prevalecer, a pecuária em Portugal é um sector de actividade moderno e sofisticado, com elevado nível de exigência profissional, onde trabalham pessoas com elevados níveis de qualificação;
  • ao contrário do que se poderia pensar, os profissionais da área estão menos preocupados com potenciais subsídios do Estado e mais focados em como ser competitivos e em como criar valor!

E estas surpresas são um estímulo para quem, como eu, teima em acreditar no potencial deste país 🙂

Crise? Depende em grande parte de nós ver nela uma inevitabilidade ou um obstáculo a superar

O que estão a fazer neste momento? A queixar-se ou a agir?

Abraços e votos de boa reflexão 🙂

Eventos, Recomendações

EXPAT – Intensive Seminar for Expatriates

suitcaseA Faculdade de Ciências Económicas e Empresariais da Universidade Católica Portuguesa acaba de lançar um novo programa para executivos de carácter absolutamente inovador em Portugal.

O EXPAT é um seminário intensivo de 3 dias para preparação de expatriados, em que os participantes tomarão contacto com as melhores ferramentas e técnicas de gestão do desafio internacional que a expatriação representa.

Leccionado por reputados docentes e quadros empresariais, o EXPAT  ajuda a dar resposta aos desafios da internacionalização que as empresas portuguesas enfrentam, proporcionando ainda a quem o frequenta o contacto com um conjunto de quadros de topo com experiência de internacionalização, transformando estes 3 dias numa vivência poderosa de preparação para a mudança de vida que representa um assignment no estrangeiro.

Tendo eu o gosto de coordenar o programa, conto cruzar-me com alguns de vós lá 🙂

Não deixem de consultar os testemunhos  sobre o programa.

See you 😉