Desafios, Trends

Porque estamos no Natal: seja um Padrinho de Portugal


O Natal presta-se a gestos. Os gestos definem-nos.

Estamos em plena época natalícia, época de partilha e generosidade, época de solidariedade e amor, época de gestos de dádiva. Estes gestos, que nesta época são acima de tudo simbólicos, não têm necessariamente de permanecer na esfera do simbolismo e na natureza do efémero. Podem-se tornar gestos permanentes, e como tal, passam a ser actos que nos definem enquanto seres humanos.

Se considerarmos que se aproxima o novo ano e que a época se presta a balanços de vida, resta aliarmos o gesto possível a uma pergunta primordial: de que forma estamos a fazer a diferença neste mundo? de que forma queremos um dia ser recordados?

Por isso mesmo lanço a todos o desafio: tornem-se um dos Padrinhos de Portugal e façam a diferença. De facto. De forma palpável. Foi o que eu fiz há alguns anos atrás, inspirado por um dos meus grandes amigos e mentores, o João Paulo.

Padrinhos de Portugal: um projecto que toca na vida dos outros

Como contei, foi o João Paulo que me apresentou o projecto. Ele já era padrinho há vários anos e explicou-me como era simples fazer a diferença:

Com 40 euros mensais podes pagar as despesas de saúde, uma refeição diária, livros, cadernos, lápis, canetas, matrícula, propinas e farda, a uma criança de Moçambique que dificilmente o poderá fazer sem a tua dádiva.

Simples, não? 40 euros por mês pode parecer muito, mas sejamos honestos… quanto gastamos numa ida ao cinema com os miúdos ou num jantar num restaurante de Lisboa ou do Porto? É incrível o que esta pequena contribuição pode fazer por um destes miúdos, que não faz ideia do que é ir ao cinema ou comer num restaurante. O que estamos a fazer com esta pequena contribuição é muito simples: é dar um futuro a cada uma destas crianças. Um futuro que de outra maneira nem sonhariam ter.

Estamos a falar de uma simples transferência bancária, que pode (e deve) ser complementada por coisas simples como uma carta ao afilhado de vez em quando, uma prenda no Natal ou uma ajuda pontual se necessário.

Há uns meses o meu afilhado – o Tonito – escreveu-me uma carta onde pedia ajuda porque lhe chovia em casa. Pedia que eu mandasse umas estacas e umas telhas. Como não podia mandar isso pelo correio, falei com a Catarina Serra Lopes, a “mãe” do projecto e perguntei-lhe como poderia fazer para ajudar. A solução mais simples era fazer uma transferência bancária para comprar os materiais de construção. Quando perguntei quanto seria necessário, a resposta que me chegou por mail foi… 50 euros! Transferi mais do que isso e pedi que, com o dinheiro que sobrasse, comprassem uma prenda ao meu afilhado. Meses mais tarde recebi a sua carta a agradecer e a emoção (confesso) foi mais que muita. Porque vale a pena fazer (mesmo) a diferença. Não pelo protagonismo, não pela espectacularidade, não pelo apaziguar de consciência, mas sim porque de facto a maior recompensa está na dádiva.

50 euros para reparar uma casa. 40 euros por mês para garantir um futuro a uma criança em Moçambique… pois é… quando reflectimos nisto, devemos ficar gratos com a sorte que temos… e retribuir.

A associação, nascida em 2002, continua a aceitar padrinhos (a causa precisa) e pode ser contactada pelo seu blog – http://padrinhosdeportugal.blogs.sapo.pt -, pela página de Facebook – https://www.facebook.com/Padrinhos-de-Portugal-110746255704848/ -, ou pela página da Catarina – http://pelomundo.pt/ja-ouviram-falar-padrinhos-portugal/ -, que tem sido a grande força motriz deste projecto, com ajuda de todos os padrinhos.

Confesso que, ao contrário do João Paulo, eu sou um pouco mais “baldas” neste papel. O João Paulo troca regularmente correspondência com o seu afilhado. Eu tenho sido descuidado. Por isso vou já a seguir escrever a minha carta de natal para o Tonito… antes que seja Ano Novo 😉

Deixo-vos um vídeo sobre o projecto, e ainda uma entrevista que eu dei recentemente num programa do Fernando Alvim, e onde falo dos Padrinhos. Enjoy 😉

 

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s