356x237_Entrepreneurship-byDegreesO Mentes Brilhantes tem estado menos agitado nos últimos tempos, fruto da minha mudança de vida mais recente.

Após um trimestre sabático, em que me dediquei exclusivamente à actividade docente, resolvi finalmente regressar ao mundo das organizações, desta feita vestindo o papel do empreendedor.

É de facto completamente diferente quando temos de olhar para a gestão de um negócio na sua globalidade. A pressão para obter resultados deriva da responsabilidade que temos relativamente aos nossos empregados (e suas respectivas famílias). Esta pressão para os resultados convive com a pressão para entregar serviços de elevada qualidade, pela responsabilidade que temos para com os nossos clientes (razão de ser da nossa existência).

Este leque de responsabilidades e preocupações muda profundamente o nosso mindset (para melhor), aumentando a nossa percepção do que temos de fazer e levando-nos muitas vezes a descobrir o que somos capazes de verdadeiramente fazer (e muitas vezes nem sonhávamos). E este ímpeto superador é algo de extremamente valioso…

O desafio da Alter Via levou-me assim a descobrir coisas que nem sabia sobre mim próprio, como por exemplo o gosto que tenho pela actividade comercial e pela gestão dos negócios. O sentido que esta actividade hoje faz na minha vida é uma agradável surpresa, confirmando que, finalmente, faço aquilo que gosto, em vez de gostar daquilo que faço (e isto faz toda a diferença…).

Por outro lado, esta experiência confirma tudo o que tenho vindo a escrever sobre a gestão do talento neste blog: a equipa da Alter Via é um verdadeiro exemplo de elevada produtividade num ambiente de partilha, numa lógica de economia de abundância, por contraponto a uma lógica de economia de escassez.

A generosidade e abertura com que todos os elementos da equipa partilham conhecimento, aprendem uns com os outros e potenciam as sinergias resultantes da combinação dos seus diversos talentos são um exemplo refrescante de como podemos ser competitivos no mercado sem que tenhamos de estar eternamente a combater num “red ocean”, seja externo, seja interno – cf. o meu post sobre estratégias blue ocean.

Esteja em Lisboa, no Porto ou em Luanda, sei que a equipa da Alter Via lá está, a velar para que o barco chegue a bom porto, num trabalho em equipa ímpar, em que a alegria de atingirmos as nossas metas se sobrepõe à necessidade de afirmação de qualquer ego individual.

Valeu a pena mudar de vida.

Não porque me arrependa do que fiz ou vivi: cada segundo valeu a pena e foi fundamental para estar hoje onde estou!

Mas valeu a pena fundamentalmente porque a opção que fiz se revelou acertada, e justificou o risco de, em plena crise, o meu destino passar a depender apenas de mim em vez de continuar a depender de um “emprego” clássico.

É menos seguro e confortável? Sim. É mais recompensador? Sem dúvida!

Pode vir a correr mal? Talvez… mas isso está acima de tudo nas minhas mãos… e há que olhar o futuro com confiança 🙂 !

Espero que este testemunho possa inspirar ou encorajar outros potenciais empreendedores.

À equipa da Alter Via, o meu sincero obrigado 😀 !!!

Deixo-vos com dois pequenos vídeos do Tom Peters sobre empreendedorismo.

Enjoy it 😉 !

 

3 thoughts on “Mudar de Vida – parte 2

  1. Já se tinha notado a falta aqui por estes lados. Não é fácil meu amigo, arranjar tempo para tudo e escrever de 1 para muitos requer tempo e não é pouco.

    Um novo desafio é quase sempre “time consuming” mas ao mesmo tempo pode ser uma fonte de inspiração para novos posts. Ainda que o Mentes Brilhantes tenha o seu âmbito bem definido, os seus leitores já estão à vontade para te ouvir um desabafo de quando em vez…

    A tua nova aventura nem sempre te dá muito tempo de cadeira certo? Aproveita a viagem. Tira uma foto com o telemóvel e mostra-a ao mundo. Desde que não lhe coloques por baixo um comentário à Pacheco…

    Vá lá Ricardo, não deixes morrer a coisa. Não te esqueças de que, acima de tudo, te está a dar um certo gozo e nos dias que correm, isso é quase impagável…

    Um grande braço.

    Gostar

  2. Pedro,

    Obrigado pela força 🙂 Está descansado que não vou deixar morrer o Mentes Brilhantes!

    A tua sugestão para posts futuros é excelente, e vou certamente aproveitá-la.

    Vamo-nos falando por aí 😉

    Abraço amigo do

    Ricardo

    Gostar

  3. Olá Ricardo,

    Antes de mais deixe-me felicita-lo pelo seu novo desafio, apesar de também eu estar um pouco atrasada na leitura dos seus posts :)… Sempre aproveito para dar uma olhadela rapida pelo blog, mas a verdade é que ultimamente também nao tenho tido muito tempo! De qualquer forma, apesar de já ter abraçado este novo caminho a algum tempo nunca é tarde para felicita-lo e desejar-lhe muita sorte. Os novos desafios são sempre uma lufada de ar fresco…

    Obrigada por continuar a alimentar o blog (mesmo que com menor regularidade), aqui em terras de nuestros hermanos agradecemos 🙂

    Beijinhos

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s